PICKLEBALL NO SESC BOM RETIRO

Dias 03, 04, 11 e 15 de Novembro          



Vitória de Telma Santos é um incentivo

Data: 30/07/12

O presidente da Federação de Badminton (FPB), João Matos, afirmou esta segunda-feira que a primeira vitória olímpica de Portugal na modalidade, protagonizada por Telma Santos, é um "incentivo" aos atletas que se "sacrificam todos os dias em Portugal".

"Isto dá um incentivo muito grande para todos os atletas que, tal como a Telma, se sacrificam para conseguir chegar aqui e dar uma alegria a todos os portugueses", disse João Matos, em declarações à agência Lusa.

O presidente da FPB lembrou "o trabalho que muitos atletas tiveram, alguns antes da Telma, para terem condições para poderem estar a este nível", entre os quais o próprio tio da atleta de Peniche, Fernando Silva.

"Apesar de já estarmos nos Jogos desde 1992, com o tio da Telma, tivemos sempre sorteios muito difíceis e agora fez-se história", referiu.

João Matos considerou "muito difícil" uma nova vitória de Telma Santos no encontro de terça-feira com a número 10 mundial, a tailandesa Ratchanok Intanon, embora admita que pode haver "uma nova alegria".

"Amanhã [terça-feira] vai ser um jogo muito difícil. É uma atleta muito forte, já foi três vezes campeã do Mundo de juniores. Vai ser um jogo muito difícil, mas pode haver mais uma alegria", disse.

O dirigente esteve acompanhado no pavilhão de Wembley Park, ao lado do novo estádio de Wembley, pelo seu homólogo do ciclismo, Artur Lopes, que também fez questão em cumprimentar Telma Santos.

Wembley Park é um dos locais emblemáticos dos Jogos de Londres'2012, não pela grandiosidade ou espetacularidade tecnológica, mas por ter sido um dos recintos utilizados nos Jogos de Londres de 1948. As bancadas estão a registar assistências assinaláveis para ver o badminton olímpico e o jogo de Telma Santos foi presenciado por 8.800 espectadores.

Fonte: Record

Mesa-tenista Hoyama se iguala a Torben Grael como brasileiro com mais participações olímpicas

Data: 27/07/12

Símbolo do tênis de mesa no Brasil, Hugo Hoyama vai igualar mais um recorde em Londres: será a sexta participação do mesa-tenista em Jogos Olímpicos, feito alcançado apenas pelo velejador Torben Grael.

Na equipe olímpica desde os Jogos de Barcelona 92, Hoyama volta a participar do torneio individual – em Pequim, esteve apenas na competição por equipe.

A campanha de Hoyama começa neste sábado, dia 28, às 15h (horário de Brasília) em jogo contra o polonês Zengyi Wang. Mais cedo, às 12h (horário de Brasília), Gustavo Tsuboi enfrenta o indiano Soumyajit Ghosh.

Thiago Monteiro, o terceiro representante do time masculino, está apenas na competição por equipe, que começa no dia 3 de agosto.

“Mais do que uma vitória pessoal, esse recorde mostra para outros atletas brasileiros que não há idade para começar ou terminar a carreira”, ensina Hoyama, que não escolhe a lembrança predileta entre as cinco experiências olímpicas. “Em todas elas, tive bons momentos e conheci várias pessoas e lugares diferentes”.

No torneio feminino de simples, Ligia Silva e Caroline Kumahara têm que passar pela fase preliminar, que começa às 9h.

Silva enfrenta Anolyn Lulu, de Vanuatu, e Kumahara joga contra Farah Yasmin Hassan, de Djibouti. Com 16 anos, Kumahara é a brasileira mais bem colocada no ranking da Federação Internacional de Tênis de Mesa e venceu três etapas do Mundial Juvenil.

A seleção feminina é formada ainda por Gui Lin, chinesa naturalizada brasileira, que jogará apenas a competição por equipe. Antes de chegar a Londres, a equipe brasileira se reuniu para um período de dez dias de treinamento em Paris e está confiante em uma boa campanha.

“Fazemos parte do grupo de países que podem surpreender. Vamos encarar um jogo por vez e tentar avançar o máximo possível”, afirmou Thiago Monteiro.

Com 72 mesatenistas no torneio de simples, a competição é disputada em sistema de mata-mata até chegar à final. Os jogos são disputados em melhor de sete games, de 11 pontos cada. Na disputa por equipes, que acontece a partir do dia 3, com 16 países, os duelos são definidos em quatro jogos individuais e uma partida de duplas.

Para diminuir o domínio dos chineses, que, nos Jogos de Pequim 2008 conquistaram todas as medalhas dos torneios de simples e ganharam as duas disputas por equipes, a Federação Internacional de Tênis de Mesa limitou as inscrições na competição individual a dois atletas por país – garantindo assim uma outra bandeira no pódio.

Desde que o esporte foi disputado pela primeira vez nos Jogos Olímpicos, em Seul, em 1988, os chineses conquistaram 20 das 24 medalhas de ouro em jogo. (Fonte: COB)

Fonte: Girassol

Telma Santos quer fazer história

Data: 30/07/12

Telma Santos, que na segunda-feira se estreia na fase de grupos do torneio de badminton dos Jogos Olímpicos Londres’2012, quer fazer história e tornar-se na primeira atleta lusa a conquistar um triunfo na competição.

"O meu objetivo é tentar fazer o que ainda não foi feito, que é vencer uma partida. Nem um set foi possível", afirmou Telma Santos aos jornalistas, em Londres.

A seguir as pisadas do seu tio Fernando Silva, que competiu nesta modalidade em Barcelona’1992, a atleta de Peniche acredita que poderá mesmo vencer na capital britânica, principalmente depois de ter sido sorteada num grupo de três jogadores, que inclui uma "velha conhecida".

"A Thilini Jayasinghe, do Sri Lanka, vai ser a minha primeira adversária e já a defrontei por duas vezes, tendo vencido sempre. A tailandesa (Ratchanok Intanon) tem apenas 17 anos, mas é número 10 mundial, foi três vezes campeã de juniores e por isso será mais complicado", explicou.

Os jogos vão decorrer perante cerca de 13 mil pessoas numa Wembley Arena completamente lotada, um cenário a que os jogadores portugueses estão pouco habituados.

"Vai ser intimidante no início, mas depois, com a concentração, vou estar focada no jogo e vou-me abstrair", referiu Telma Santos.

Menos sorte teve Pedro Martins, também estreante, no torneio masculino, ao calhar com o dinamarquês Peter Gade, que é antigo número um mundial e atualmente quinto e melhor europeu do ranking, e que já conta no seu currículo com três participações em Jogos Olímpicos (Sydney’2000, Atenas’2004 e Pequim’2008).

"Já sabia que me iria calhar um cabeça de série. É um jogador com muita experiência, mas o meu objetivo é ganhar e passar a primeira ronda, por isso, de certeza que vou dar luta", afirmou Pedro Martins, que espera deixar a "família, amigos e Portugal inteiro orgulhosos" com a sua participação.

Fonte: Record

Mais um piauiense estará em Londres

Data: 25/07/12

O implantador do badminton no Piauí vai à Londres para acompanhar o esporte nos jogos olímpicos.

Francisco Ferraz, ex-presidente da Federação Piauiense de Badminton- FEBAPI e atual Presidente da Confederação Brasileira da modalidade- CBBd, embarca nesta quinta para Londres com o objetivo de acompanhar os jogos de badminton que serão disputados pelas maiores potências mundiais na modalidade.

Ferraz sempre se propôs a objetivos difíceis. Enquanto pioneiro em disseminar a modalidade pelo nordeste, ele conseguiu construir em apenas seis anos uma federação sólida, que foi capaz de revelar atletas à níveis nacional e mundial, chegando a receber uma homenagem honrosa do Comitê Olímpico Internacional, por esse projeto de responsabilidade social, que foi disseminar o badminton, esporte até então de menor acesso, para as vilas e favelas de todo o Piauí, tornando-o um esporte crescente no estado.

Após ter deixado a federação com a modalidade no Piauí sendo a segunda maior do país, Ferraz acredita em metas mais desafiadoras, como poder um dia comparar o badminton do Piauí ao da China, maior potencia do mundo na modalidade, da qual ainda estamos muito distantes.

Mas com a meta de o Brasil fazer uma boa participação nas Olimpíadas de 2016, que acontecerá no Rio de Janeiro, e quem sabe contar com a participação de piauienses nos jogos olímpicos de 2020, o trabalho começa agora, e Londres é uma oportunidade de estudo, que vai somar ao trabalho da confederação brasileira nos próximos anos.

Francisco Ferraz foi eleito presidente da Confederação Brasileira de Badminton no dia 26 de maio deste ano, tendo sido confiado o trabalho por dez estados, contra apenas um.

O piauiense embarca na próxima quarta-feira, 25 e permanecerá em Londres até o dia dez de agosto.

Fonte: Portal AZ

Tabelas do badminton são divulgadas em Londres

Data: 24/07/12

O sorteio dos primeiros jogos da fase de classificação da modalidade foram feitos nesta segunda-feira no Parque Olímpico.

No torneio de simples feminino, a campeã mundial e número um do mundo Wang Yihan, da China, terá como adversária a canadense Michelle Li.

No simples masculino, o atual campeão olímpico e número dois do mundo Lin Dan, da China, enfrentará o irlandês Scott Evans na partida inicial.

O número um entre os homens, o malaio Lee Chong Wei, irá enfrentar o finlandês Ville Lang.

Nas duplas mistas, Zhang Nan e Zhao Yunlei, da China irão enfrentar a dupla britânica Chris Adcock e Imogen Bakier na fase de grupos do torneio olímpico.

As duplas já se enfrentaram durante o Mundial de 2011, quando os chineses levaram a melhor.

Nas duplas masculinas, o destaque serão os chineses Cai Yun e Fu Haifeng, quatro vezes campeões mundiais e números um do mundo terão pela frente pares da Austrália, Taiwan e Alemanha.

Nas duplas femininas, Wang Xiaoli e Yu Yang são os destaques e favoritas para a conquista da medalha de ouro em Londres.

Além disso, a China tenta manter pela quinta olimpíada consecutiva este título.

As disputas do badminton começam no dia 28 de julho, na Wembley Arena.

O Brasil não tem representantes desta modalidade nos Jogos Olímpicos.

Fonte: Yahoo

Badminton quer mostrar que é bem mais sério do que um jogo de peteca

Data: 25/06/12

Em Londres, 172 competidores entram em quadra para saber quem leva para casa as cinco medalhas de ouro possíveis.

A mistura da raquete com uma espécie de peteca e rede a 1,55m do chão pode até deixar o badminton com feições de tênis.

Porém, a velocidade, a agilidade e a técnica envolvidas dão ao esporte um ritmo próprio e característico.

Ainda no século XIX, o esporte era praticado na Índia, com o nome de “poona”, e só tornou-se “badminton” quando levado por soldados britânicos à Inglaterra, mais precisamente ao Castelo de Badminton, de propriedade do Duque de Belfort, em 1873.

Somente a partir de 1992, em Barcelona, foi considerado um esporte olímpico.

Em Londres, 172 competidores entram em quadra para saber quem leva para casa as cinco medalhas de ouro possíveis.

Os dias de competição se estendem de 28 a 2 de agosto. A expectativa é de que países do Extremo Oriente, onde o badminton é mais popular, dominem o pódio.

Em Pequim 2008, a China faturou três ouros, enquanto Coreia do Sul e Indonésia ficaram com um cada.

Não por acaso o destaque das Olimpíadas de Londres no esporte é justamente o chinês Lin Dan, considerado por alguns especialistas o melhor jogador de todos os tempos, dono de quatro ouros em mundiais e atual campeão olímpico.

Na cola de Lin Dan, está o arquirrival Chong Wei, da Malásia, que chega em busca de sua primeira medalha.

No badminton vale o sistema de melhor de três entre os 21 games. Com regra semelhante a do vôlei, no empate por 20-20, o jogo vai a 22 pontos.

Caso contrário, segue até que se chegue a dois de vantagem ou atinja 30 pontos.

FAVORITOS

Lin Dan(China)

Lee Chong Wei(Malásia)

COMPETIÇÕES

O badminton terá cinco medalhas em disputa: nas simples e duplas feminina e masculina, além das equipes mistas.

Os dias de competição se estendem de 28 a 2 de agosto, já os de medalha vão de 3 a 5 de agosto, na Arena de Wembley.

Fonte: O Povo

Primeira medalha do Brasil em competições internacionais de Parabadminton

Data: 25/06/12

Com apenas 16 anos de idade, recorde é do paulista Gabriel Partinelli Jannini, que obteve o bronze em torneio realizado na Espanha.

O paulista Gabriel Partinelli Jannini, de apenas 16 anos, conquistou um feito inédito para o país.

Ele obteve a Primeira medalha do Brasil em competições internacionais de Parabadminton.

Ao lado do turco Aslan Sahin, o brasileiro ficou com a terceira colocação na dupla, categoria WH3-WH1 (que envolve todos os cadeirantes com lesões leves até severas), recebendo a medalha de bronze.

O recorde aconteceu durante o 3° Torneio Internacional da Espanha de Parabadminton, realizado em Palma de Mallorca, entre os dias 9 a 13 de maio de 2012.

Jovem campeão

Atleta da Sociedade Hípica de Campinas, Gabriel Jannini começou a disputar a modalidade aos 12 anos e com 15 se tornou campeão no 1° Pan-Americano de Parabadminton, realizado em Curitiba – PR, em 2010.

No mesmo ano, o jovem representou o Brasil em outras competições internacionais. Ele participou do Torneio da Alemanha e no Mundial da Guatemala.

Parabadminton

Jogado individualmente ou em duplas, o Badminton é semelhante ao tênis e ao vôlei de praia, mas praticado com raquetes e uma peteca ou volante. Embora pouco difundido no Brasil, é o segundo esporte mais praticado no mundo, perdendo apenas para o futebol.

O Parabadminton ou Badminton adaptado é dividido basicamente em duas categorias: Wheelchair, para cadeirantes e Standing, para andantes. Estas categorias podem ser subdivididas de acordo com o tipo e o grau de lesão ou deficiência.

Fontes: Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB), Confederação Brasileira de Badminton e Wikipédia

Redação: Fátima Pires

Fonte: RankingBrasil.com.br

Primeiro Pronunciamento do Presidente da Confederação Brasileira de Badminton - Francisco Ferraz

Data: 25/06/12

Caros atletas, filiados e amantes do Badminton

Há mais de uma década me uni a vocês no amor por esse que é para mim, sem qualquer dúvida, o mais apaixonante dos esportes, o Badminton.

Desde o momento da fundação da Federação de Badminton Piauiense, tive sempre como grande objetivo alçar o Estado à posição de destaque na modalidade.

Em 2011, após longos anos de trabalho árduo e bem organizado, atingi minha meta quando a FEBAPI foi agraciada com o Troféu Comitê Olímpico Internacional, durante o Prêmio Brasil Olímpico.

Sei, entretanto, que o desafio agora é ainda maior, pois hoje estou à frente de um país! Sei também que a grande prova de meu mandato será em 2016, ano no qual o nosso país sedia, pela primeira vez, uma edição dos Jogos Olímpicos. Os olhos estarão todos virados para a Confederação, para nossos atletas. E vamos brilhar!

Frente à tamanha responsabilidade, e imbuído de quase incontrolável motivação, venho aqui dividir com todos os meus primeiros planos para que iniciemos então essa tão importante jornada.

Ressalto, primeiramente, que minha gestão será direcionada, com foco definido e metas claras a serem alcançadas.

E entre outros, o nosso escopo inicial é montar o grupo que vai trabalhar junto a nós.

Precisamos – e teremos – as pessoas certas nos lugares certos. Mapearemos o Brasil para conhecer a fundo as Federações , seus profissionais e atletas. Todas as entidades serão então informatizadas, o que facilitará substancialmente a comunicação entre elas e a CBBd.

Como é de conhecimento da maioria, tanto orçamento como calendário 2012 estão fechados, e assim sendo utilizaremos o próximo semestre deste ano para desenvolver o planejamento para 2013.

Todo esse trabalho desemboca no que é o maior objetivo de nossa gestão, o qual pode ser resumido em um única palavra: CONQUISTAS! Seria leviano lhes prometer medalhas para 2016, mas o que posso garantir – E GARANTO – é que o time Brasileiro colocará os pés nas quadras do Rio para MUITO mais do que marcar presença!

Os nossos jogadores brigarão pelo pódio com raça, com vontade e com a certeza de merecerem cada segundo Olímpico! E é mantendo essa mentalidade que em 2020 o Brasil vai , afinal, assegurar os seus tão merecidos lugares no pódio Olímpico!

As medalhas serão as coroas pelos tantos anos de trabalho árduo, comprometimento passional e amor incontestável pelo Badminton! Espero contar com o apoio de todos, e sei que conto, pois somos todos iguais, todos acreditamos no potencial vencedor de nosso Badminton, de nossos atletas. Somos todos colaboradores que trabalham incansavelmente pelo sucesso desse esporte que se tornou muito mais que instrumento de trabalho, se tornou parte indispensável de nossas vidas!

Fonte: www.badminton.org.br

 

Capacitação em Badminton Escolar em São Sebastião

Data: 22/06/12

Aprender novas técnicas sobre como jogar o badminton. Este foi o objetivo da formação que reuniu os professores de Educação Física da rede municipal de São Sebastião, durante o dia todo de hoje (22), no ginásio de esportes José de Souza Gringo, o “Gringão”, na região central da cidade.

Para a formadora Sandra Sorpreso, atleta internacional e da Federação Brasileira de Badminton, o município está com uma proposta inovadora ao implantar a modalidade nas escolas da rede. “Além disso, é uma ótima oportunidade para descobrir futuros atletas”.

A abertura contou com a presença da secretária da Educação, Angela Couto, que saudou os participantes e falou sobre a importância da iniciativa em inovar as modalidades esportivas nas escolas municipais.

Regras

Sandra explicou as regras básicas do badminton e sua evolução nas competições regionais, estaduais e nacionais. “A Federação Paulista de Badminton começou em 1988, mas hoje o esporte já é praticado em clubes e em algumas escolas”. Ela lembrou que na região do ABC, as escolas das redes municipal, estadual e particular de ensino já realizam torneios entre as cidades. “Temos muitas crianças na prática desta modalidade nos projetos sociais nos municípios”, completou.

A atleta explicou ainda ser o esporte praticado por crianças a partir dos 7 anos, podendo ser jogada individualmente ou em duplas. Para jogar em duplas, os jogadores precisam de uma peteca, duas raquetes e uma rede.

Francisco Donizeti Pelegrini, professor de Educação Física da secretaria de Educação, explicou ser a ideia, implantar uma nova cultura no esporte das escolas da rede que possa ser praticado em outros locais, além das quadras.

A formação continua neste sábado 23, no mesmo horário e local.

Opinião

A professora Mayara Cravo, da creche Meire Vasques e Emei “Beija Flor”, afirmou que o badminton é bem interessante. Apesar de já conhecer o esporte, ela contou que agora com o material adequado será bem melhor para praticar com os alunos. “As crianças vão ter mais estímulo para aprender a jogar”, disse.

Também na opinião da professora Ana Lúcia Ribeiro Gomes, da Emei “Algodão Doce”, a nova modalidade despertará novo ânimo nos estudantes. “Eles terão novas opções e poderão usar outros espaços para praticar o esporte”, completou.

Badminton

Em 1995, o badminton foi incluído nos XII Jogos Pan-Americanos de Mar del Plata, na Argentina, e disputado novamente em 1999, nos XIII Jogos Pan-Americanos em Winnipeg, no Canadá.

Em 2007, nos Jogos Pan-Americanos do Rio de Janeiro, o Brasil conquistou sua primeira medalha na competição. O feito histórico para o badminton brasileiro foi conseguido pelos atletas Guilherme Kumasaka e Guilherme Pardo que conquistaram medalha de bronze na categoria de dupla masculina.

Fonte: Site Oficial de São Sebastião

3rd ISBO Speedminton® European Championship

Data: 14/06/12

Caros atletas, convidados queridos,

Em Berlim, em 2001, foi inventado por "Bill Brandes", uma peteca especial e um novo conceito de jogo. 

Desde então foi sendo aprimorado para o jogo final de Badminton de velocidade pela empresa de Speedminton.

O inventor originalmente chamado seu novo esporte de "shuttleball".

Em 2001, o jogo foi renomeado para "Speed badminton". A idéia do inventor era criar uma variante exterior de badminton, para isso ele ajustou a peteca:  fez ela menor e mais pesado ​​(hoje chamado speeder).

Em 2003, já havia 6.000 jogadores ativos na Alemanha. A popularidade do esporte ainda está crescendo de forma constante e há inúmeros torneios internacionais acontecendo tanto na Europa como em todo o mundo.

A etapa de Berlim no ano passado, contou com 373 jogadores de 29 países. Um ano depois, Croation Speed badminton Organization foi confiada à organização do 3 ISBO European Speed badminton Championship, na cidade de Porec.

O Resort 'Zelena laguna' Hotel é o anfitrião deste torneio e irá recepcionar cerca de 300 jogadores de 21 países.

Porec é uma cidade e município na costa oeste da península da Ístria, conhecida por suas belezas históricas, culturais, turísticos e naturais e, ao mesmo tempo esporte orientados.

Porec se desenvolveu em uma pequena península simétrica muito antes da chegada dos Histrians, uma tribo da Ilíria. Hoje, o antigo centro da cidade está localizado sobre esta pequena península.

A riqueza de Porec é medida pelo seu património histórico, profundamente enraizada nessa área há milhares de anos. O centro da cidade inestimável está localizado em uma pequena península submersa no mar. Suas bases foram postas em prática durante o tempo do domínio do Império Romano.

Ambiente mediterrânico, um clima suave, terras férteis e uma vegetação exuberante fizeram Porec um destino de férias único.

Željko Badjuk

Croatian Speed Badminton Association President

PROGRAMA

Thursday, 14.06.2012.

17:00 – 19:30 Registration (option I) at Info desk in Intersport center

20:00 – 21:00 Opening ceremony on Outdoor courts

21:30 – 24:00 Welcome party at Disco club Plava

Friday, 15.06.2012.

08:00 – 08:30 Registration (option II) at Info desk in Intersport center

09:00 – 22:00 Pre-eliminary singles and doubles round, final matches doubles outdoor courts

Saturday, 16.06.2012.

09:00 – 19:00 KO round and final matches in all categories

20:00 – 21:00 Award ceremony 21:00 – 24:00 Farewell / Blackminton party on the beach

LISTA DE JOGADORES

OPEN DIVISION

WOMAN

JUNIORS

SENIORS 

Fonte:  ISBO SPEED BADMINTON

<< Início < Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Próximo > Fim >>
Página 4 de 13