História

O tênis em cadeira de rodas foi criado em 1976, nos Estados Unidos, por Jeff Minnenbraker e Brad Parks.

Eles construíram as primeiras cadeiras adaptadas para o jogo e difundiram em seu país.

Em 1977 teve o primeiro torneio pioneiro, em Griffith Park, na Califórnia. O primeiro campeonato nacional nos EUA aconteceu em 1980.

Oito anos depois, foi fundada a Federação Internacional de Tênis em Cadeira de Rodas (IWTF).

Em 1988, a modalidade foi exibida nos Jogos Paraolímpicos de Seul.

Em 1991, a entidade foi incorporada à Federação Internacional de Tênis (ITF), que hoje é a responsável pela administração, regras e desenvolvimento do esporte em nível global.

Barcelona (1992), foi o marco para o tênis em cadeira de rodas, pois passou a valer medalhas. Desde então homens e mulheres disputam medalhas nas quadras em duplas ou individual.

O primeiro tenista brasileiro em cadeira de rodas foi José Carlos Morais, em 1985. José Carlos conheceu o esporte quando foi à Inglaterra competir pela seleção nacional de Basquete em Cadeira de Rodas.

O Brasil estreou nos Jogos Paraolímpicos, em Atlanta (1996), com Morais novamente como pioneiro e Francisco Reis Junior.

Na Paraolimpíadas de Atenas (2004), Mauricio Pommê e Carlos Santos, o Jordan, representaram o país.

Classificação

O único requisito para que uma pessoa possa competir em cadeira de rodas é ter sido medicamente diagnosticada uma deficiência relacionada com a locomoção, em outras palavras, deve ter total ou substancial perda funcional de uma ou mais partes extremas do corpo.

Se como resultado dessa limitação funcional a pessoa for incapaz de participar de competições de tênis convencionais (para pessoas sem deficiência física), deslocando-se na quadra com velocidade adequada, estará credenciada para participar dos torneios de tênis para cadeirantes.

Fonte: Comitê Paraolímpico Brasileiro

 

Regras

Regras Básicas do Tênis em Cadeira de Rodas

O jogo de tênis em cadeira de rodas segue as mesmas regras do tênis comum, exceto pela possibilidade do tenista em cadeira de rodas poder deixar a bola quicar duas vezes.

O Jogador de Tênis em Cadeira de Rodas

- O único requisito para que uma pessoa possa competir em cadeira de rodas é ter sido medicamente diagnosticado como portador de uma deficiência relacionada com a locomoção, em outras palavras, ele deve ter total ou substancial perda funcional de uma ou mais partes extremas do corpo.

O Jogo da Bola

- No tênis em cadeira de rodas a bola pode quicar duas vezes antes de ser rebatida, sendo o primeiro quique dentro das linhas de quadra e o segundo, tanto pode ser dentro como fora das linhas da quadra de tênis.

O Saque

• O primeiro toque da bola sacada na quadra deve ser dentro do retângulo destinado a isto; o segundo quique tanto pode ser dentro ou fora dos limites da quadra.

• O sacador não deverá, durante o saque mudar de posição ou tocar, com qualquer roda, qualquer linha fora da área delimitada para o saque.

• O jogador é proibido de usar, deliberadamente, qualquer extremidade de seu corpo como freio ou estabilizador durante o saque.

• Caso os métodos convencionais para o saque forem impraticáveis para um tetraplégico, uma outra pessoa poderá ser autorizada a lançar (levantar) a bola para ele.

Perda de Ponto

– A cadeira de rodas é considerada parte do corpo do jogador para efeito de quaisquer regras.

O jogador perde o ponto se:

- A bola tocar seu corpo, sua cadeira ou qualquer coisa que ele carregue ou use, exceto a raquete em sua mão. Essa perda de ponto ocorrerá independentemente da posição em que estiver, quando a bola em jogo o atingir.

Deliberadamente usar seus pés ou qualquer outra extremidade do corpo como freio ou estabilizador, seja ao sacar, rebater a bola ou movimentar ou frear a cadeira.

Permitir, ao bater na bola, que sua nádega deixe de ter contato com o assento da cadeira.

Fonte: Blog Educação Física Adaptada

Ranking

 

 

 

      Ranking Parabadminton BWF

 

Torneios

Este espaço é destinado para a divulgação dos principais torneios da modalidade. As Academias, clubes e locais de prática que estão cadastrados no Club Racket também podem divulgar seus torneios no portal.


Data: 06 a 09/10/2011
Data de inscrição: até 6 de Setembro de 2011
                                                                                                                                      
Lugar: Jurerê Sports Center (Jurerê Internacional)
Tipo de evento: Torneio de Cadeirantes Guga Kuerten
Organizador/responsável: Ennio Moreira (51)3062-6464
Taxa de Inscrição: R$ 400,00 jogadores brasileiros

Galeria de Fotos

Este espaço é reservado para os usuários do Club Racket que queiram postar alguma foto: antiga, com algum jogador famoso, ou mesmo uma foto incrível da sua história no esporte de raquete preferido.

  • JWSP_MSG_ERRFOLDER
  •