O encontro de Rio Bonito com o Badminton, parte II

Data: 06/04/13

O ENCONTRO DE RIO BONITO COM O BADMINTON

Por Christina Lorenzi

– Parte II (O IMPÉRIO CONTRA ATACA)

Hoje, o Núcleo de Badminton da Serra do Sambê estaria completando dois anos de existência.

Como prometido, sigo contando a história deste esporte em nosso município.

Bem, o Núcleo da Serra, ao longo dos 20 meses em que funcionou, teve o prazer de iniciar no Badminton, 56 alunos.

Paralelamente ao trabalho na SEMEL, implantei o Badminton como conteúdo programático em minhas aulas de Educação Física no CE Professor Dyrceu Rodrigues da Costa e, em seguida, devido à boa receptividade do esporte por parte dos alunos, o Badminton também passou a fazer parte das aulas do Prof Tiago Mello e da Profª Francine Moreira, que também levaram esta prática, respectivamente para o CE Dr Roberto Pereira dos Santos e CE Desembargador José Augusto Coelho da Rocha Jr.

Em junho de 2011, dando segmento ao meu projeto pessoal de conhecer e me aprofundar mais no Badminton, fiz um Curso de Arbitragem Nacional realizado pela Confederação e Federação do Rio.

Meu amigo Ossian também embarcou nessa e juntos, assistimos a Etapa do Nacional de Badminton e Parabadminton no Sesi de Jacarepaguá. Nesta ocasião, estreitamos relações com a FEBARJ e seus representantes, que nos trataram com muita distinção e interesse, em função do nosso Núcleo Esportivo de Badminton.

Em janeiro e fevereiro de 2012 fiz minha Curso de Técnica Iniciante promovido pela FEBARJ e ministrado pelo simpático Mestre Shin Saito. Experiência única, enriquecedora!!!

Concomitantemente, participei das reuniões da FEBARJ e fui incluída no quadro de trabalhos desta entidade como uma das Diretoras de Interior para a divulgação e implementação da modalidade em nossa região.

Na elaboração do calendário 2012, incluímos Rio Bonito como sediante do I Festival de Badminton daquele ano. O evento foi No EC Fluminense e foi muito legal, tanto para os locais como para os visitantes!

Em março de 2012 fiz o Curso de Arbitragem da FEBARJ e atuei na primeira etapa do estadual. Em agosto, ministrei aulas no Projeto SESC em Movimento no EC Fluminense.

Durante todo o ano, promovi torneios para os alunos do Núcleo, visitei escolas para apresentar o esporte e fazer a captação de alunos para os núcleos (Serra e SESC), fiz apresentações em praça pública, promovi torneios de integração...

E o ano acabou e o “Império contra atacou”. A nova “política” prioriza o afastamento dos que são contra o “regime” em detrimento de competência, honestidade no trabalhar e relevância à comunidade que estava sendo atendida.

E aí, os “LBs do regime” devem estar pensando “Ah! Tá falando isso porque perdeu o emprego”. Não perdi nada. Tenho meu trabalho digno e honesto, fruto de meus estudos e aprovação em dois concursos. Estou montando minha escolinha e não tenho pressa para que as coisas aconteçam. Tô no tempo de Deus!

No terceiro capitulo da saga (em breve) as tentativas de detonação de minha humilde pessoa por gente que não tem princípios e ideais. Meu mundo é bem maior. Meu umbigo só serve para ser lavado quando tomo banho! kkkkk!

Fonte: Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.

Club Racket

Precisando de material para a prática de badminton? Acesse o link abaixo e confira:

www.sandrafastplay.mercadoshops.com.br

O encontro de Rio Bonito com o Badminton

Data: 06/04/13

O ENCONTRO DE RIO BONITO COM O BADMINTON

Por Christina Lorenzi

– Parte I

Como eu havia te prometido, Alex Hudson, aqui está um histórico contando como surgiu a ideia de se praticar o Badminton aqui em Rio Bonito, e de como eu abracei esta causa ou desafio (como queiram) de tocar um projeto sério e honesto pra frente.

Em 2010 ouvi pela primeira vez o então Secretário de Esportes Dr Élio Campos, falar sobre a construção de um CT em Rio Bonito para o Badminton.

Na época não levei muito a sério, não a ideia e sim o esporte, que considerava meio sem graça e esdrúxulo.

Pura ignorância de minha parte, pois não sabia nada a respeito do esporte a não ser que, era jogado com uma raquetinha comprida, uma petequinha de penas de ganso e tinha uma redinha baixa dividindo as quadras.

A ideia do Dr Élio era muito boa pois seria um CT à 75Km da cidade do Rio de Janeiro, sede dos Jogos Olímpicos de 2016. Estaria dentro das especificações do COB e do COI e seria um excelente legado de inclusão social para nossa cidade.

Mas a política como sempre, não acompanha a lógica do social, do esportivo, do cultural. Ela tem vontades próprias que desprezam os interesses do coletivo. A ideia ficou esquecida, adormecida, Dr Élio solicitou sua saída da secretaria e a vida seguiu em frente.

Ronen Antunes assumiu a pasta e todos os desafios que ela, a SEMEL, poderia lhe proporcionar. O Badminton não foi mais mencionado, até o dia em que o Ossian Silva apareceu com um kit na secretaria e nós, de posse das raquetes e da peteca, ensaiamos umas trocas de golpes, diga-se de passagem, sem muito sucesso.

Aí me veio a mente que, quando ainda estava na Federação de Basquete, eu e meus colegas árbitros zoávamos uma colega nossa que jogava, dava aulas e arbitrava Badminton.

Eu e Ossian contactamos a minha colega, Carla, e acertamos com ela uma capacitação básica que foi feita num final de semana, no Ginásio da Serra, com portões fechados, só pra nós dois.

Quando começamos a aprender os golpes e as manhas do Badminton ficamos pra lá de entusiasmados e eu, que não deixo nada para depois, pesquisei e comprei um material básico, suficiente para dar aulas num núcleo esportivo experimental.

Ronen me deu carta branca e no dia 04 de abril de 2011, iniciei as aulas do Núcleo Esportivo de Badminton da Serra do Sambê.

Na foto, dez dos primeiros alunos que iniciaram o Núcleo. Da esquerda para a direita: Elaine, Lucas, Carlos Kerley, Aleksander Christina e Elder Darlan Chelque. Ronen Antunes, Estevão, Lorrany Magalhães, Cassiane, Vitoria Carvalho e Andreyna Coutinho.

Fonte: Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.

Club Racket

Precisando de material para a prática de badminton? Acesse o link abaixo e confira:

www.sandrafastplay.mercadoshops.com.br


Bolsa Atleta

Data: 06/04/13

CBBd disponibiliza formulário de inscrição para o Bolsa- Atleta 2013

A Confederação Brasileira de Badminton (CBBd) está recebendo os pedidos de declaração para a primeira etapa do programa Bolsa- Atleta através do preenchimento de um formulário que se encontra em anexo no seu site.

Os interessados devêm baixar o arquivo, salvar e encaminhar os pedidos para o email: Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo. .

Os pedidos devem ser encaminhados para a CBBd até o dia 20 de abril.

De acordo com informações do Ministério dos Esportes, a etapa é voltada para as modalidades que compõem o programa dos Jogos Olímpicos e Paraolímpicos.

As inscrições devem ser feitas pelo portal do Ministério até o dia 25 de abril, no endereço http://www.esporte.gov.br/snear/bolsaAtleta/.

Após o cadastro, os esportistas terão 30 dias para enviar ao ministério a documentação exigida.

Confira mais informações acessando: http://www.esporte.gov.br/snear/bolsaAtleta/noticiaDetalhe.jsp?idnoticia=10234

Fonte: www.badminton.org.br

Club Racket

Já jogou speed badminton? Acesse o link abaixo e garanta o seu kit de speedminton.

www.sandrafastplay.mercadoshops.com.br



Técnico Português na Seleção Brasileira de Badminton

Data: 06/04/13

Técnico português na Seleção Brasileira de Badminton

A CBBd (Confederação Brasileira de Badminton), apresentou o técnico da Seleção Nacional, Marco Vasconcellos (foto), ex-atleta de Portugal, que será responsável em preparar uma equipe competitiva e compromissada para os Jogos Olímpicos de 2016.

O projeto inicial começou com a pré-temporada dos atletas em seus respectivos clubes.

Após o processo de escolha feito pela diretoria técnica, 14 atletas masculinos e 13 femininas estão sendo avaliados por Marcos Vasconcellos, em Campinas (SP), desde o dia 1º de abril, onde o técnico deve selecionar 5 atletas masculinos e 5 femininos que terão uma atenção especial através de uma equipe multidisciplinar de especialistas para prepara-los ao Ciclo Olímpico.

Após a sequencia de treinos, a seleção nacional participará de campeonatos internacionais na busca de melhores colocações no ranking mundial, além de medalhas inéditas para o Brasil.

A perspectiva é que seja montada uma seleção permanente com atletas adultos e de base para que o time de Badminton brasileiro participe de, no mínimo, 15 competições internacionais e, pela primeira vez, tenha representantes nas Olimpíadas Rio 2016 com chances reais de medalha.

Marco Vasconcellos foi um grande atleta de Badminton por seu país, tendo se classificado em três edições dos Jogos Olímpicos, Sidney, Atenas e Beijing.

Fonte: www.badminton.org.br

Club Racket


Precisando de peteca? Acesse o link abaixo e compre o seu tubo de peteca Yonex pelo melhor preço.

www.sandrafastplay.mercadoshops.com.br



Curso de Certificação de Professores

Data: 05/04/13

CURSO DE CERTIFICAÇÃO DE PROFESSORES DE BADMINTON

Data: 3 a 5 de maio de 2013.

Local: Recife

Confederação Brasileira de Badminton (CBBd) promove o Curso de Certificação de Professores de Badminton (CCP) na cidade de Recife (PE) no período de 3 a 5 de maio.

O evento é destinado aos profissionais ou acadêmicos de educação física que buscam qualificação, além de troca de experiências na área.

O curso oferece 40 vagas com carga horária de 30 horas.

Os interessados devem efetivar sua inscrição até o dia 19 de abril.

O investimento é de R$ 50,00 e o depósito pode ser realizado na conta da CBBd (informações no banner).

É necessário também o envio do comprovante de pagamento e ficha de inscrição para o email: Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo. .

A capacitação será conduzida pela instrutora Norma Teotônio Rodrigues e coordenação de Vera Mastrascusa.

O projeto é uma realização da CBBd com apoio da Federação Pernambucana de Badminton.

Fonte: www.badminton.org.br


Curso de Certificação de Técnicos

Data: 05/04/13

CURSO DE CERTIFICAÇÃO DE TÉCNICOS EM BADMINTON

Data: 10 a 14 de Abril de 2013

Local: Caxias do Sul

A cidade de Caxias do Sul (RS) irá sediar, de 10 a 14 de abril, o Curso de Certificação de Badminton, com vagas para 20 profissionais ou acadêmicos de educação física que ficarão habilitados para atuar no desenvolvimento de atividades recreativas, aulas de educação física escolar e treinamento de equipes em nível iniciante.

O curso faz parte do Programa de Capacitação Técnica de Badminton e será ministrado pelos instrutores Bruno Rodrigues e Vera Mastrascusa.

A carga horária é de 40 horas e as inscrições podem ser realizadas de 18 de março a 05 de abril, no valor de R$ 100,00.

Durante os quatro dias de treinamento, serão abordados diversos temas, como: Perspectiva Geral, Princípios e Processo do Treinamento, Treinamento com Crianças, Fatores do Desempenho e Competição.

O CCT será realizado no Ginásio Enxutão.

Os interessados em obter mais informações sobre o curso devem entrar em contato com o e-mail Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo. .

Fonte: www.badminton.org.br


Speed badminton na escola

Data: 05/04/13

O Speed badminton como o badminton são duas modalidades de raquete de fácil implantação nas escolas.

A vantagem do Speed badminton é que não tem rede e pode ser adequado à vários tipos de piso: cimento, grama, areia, madeira, entre outros.

Outra vantagem do speed badminton é que seu speeder ou peteca é mais pesado que uma peteca de badminton.

O speeder pesa de 7 a 9,3 gramas dependendo do seu modelo, diferente de uma peteca de badminton que pesa 5 gramas.

Sendo assim, se houver um pouco de vento ainda é possível praticar a modalidade ao ar livre. Também existe a opção de colocar um anel de vento, deixando o speeder mais pesado e facilitando o jogo externo.

A outra facilidade que ambos esportes oferecem é o fato da peteca ou speeder ser rebatido sem tocar o chão. O voleio facilita a prática destas modalidades, o objetivo é não deixar a peteca cair o que torna o esporte muito divertido.

O material utilizado para a prática do speed badminton é leve o que possibilita a iniciação na modalidade com crianças a partir de 7 anos de idade.

Para a prática do speed badminton você pode utilizar as linhas que demarcam as quadras poliesportivas ou criar marcações utilizando materiais diversos.

Em uma aula de Speed badminton na educação física ou no horário do esporte na escola você consegue facilmente criar dinâmicas envolvendo todos os alunos na prática desta modalidade de raquete.

Você que é professor e educador físico que gosta de inovar e criar desafios aos seus alunos não pode deixar de conhecer esse esporte de raquete.

Para mais informações sobre a modalidade e a possibilidade da realização de uma clínica de Speed badminton na sua escola entre em contato com a Club Racket Artigos Esportivos.

A Club Racket é o distribuidor Oficial da marca Speedminton no Brasil e temos o Kit School, ideal para a iniciação do Speed badminton nas escolas.

Acesse o nosso perfil no facebook: www.facebook.com.br/speedminton.brasil

Club Racket

Clínica de Tênis para crianças na Med Sport

Data: 01/04/13


CLÍNICA DE TÊNIS MED SPORT ESCOLA DE ESPORTES

Gratuita!!!!

Clínica de Tênis para crianças de 7 a 14 anos, divididas em turmas de 7 a 10 e 11 a 14 anos.

Evento para alunos e não alunos!

Inscrições: Garanta a sua vaga, envie um e-mail para Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo. informando nome, idade e horário de interesse.

Cada turma terá 2 horários com 30 vagas cada:

- Turmas de 7 a 10 anos: das 10h30 às 11h45 ou das 11h45 às 13h00;

- Turma de 11 a 14 anos: das 9h00 às 10h15 ou das 13h00 às 14h15.

MED SPORT ESCOLA DE ESPORTES

Rua Artur de Azevedo, 1 - São Paulo

Para mais informações acesse o site: www.medsport.com.br


JEESP - Jogos Escolares de São Paulo

Data: 27/03/13

JOGOS ESCOLARES DO ESTADO DE SÃO PAULO

Prezados professores,

Estão abertas as inscrições para os Jogos Escolares do Estado de São Paulo (JEESP).

As modalidades que estarão em disputa são:

- Coletivas: Basquetebol, Futsal, Handebol e Voleibol;

- Individuais: Badminton, Ginástica Rítmica, Luta Olímpica, Natação, Tênis de Mesa, Xadrez, e Vôlei de Praia;

PCD: Bocha, Futebol de cinco, Futebol de sete, Goalball, Natação, Tênis em Cadeira de Rodas, Tênis de Mesa e Voleibol Paralímpico.

O regulamento está disponível no Diário Oficial do Estado de São Paulo do dia 23 de março de 2013, da página 82 até a 89.

Segue o link desta edição: http://diariooficial.imprensaoficial.com.br/nav_v4/index.asp?c=4&e=20130323&p=1.

Para efetivar a inscrição, deve-se enviar um ofício de inscrição, em três vias, em papel timbrado da escola, para a Diretoria de Ensino (DE) ou Delegacia Regional de Esporte e Lazer (DREL) a qual a Unidade Escolar está jurisdicionada, dentro do prazo de inscrição.

Para mais informações acesse o site: www.fedeesp.org.br


Natal Open de Beach Tennis 2013

Data: 25/03/13

NATAL OPEN DE BEACH TENNIS 2013

INSCRIÇÕES: até o dia 5 de abril

INDIVIDUAL E MISTA

Individual PRO – R$ 80,00 (com premiação em dinheiro)

Individual A e B, Dupla mista PRO, A e B

- R$ 40,00 (uma categoria)

- R$ 70,00 (duas categorias)

DUPLAS A, B, C, Master + 45 e infanto-juvenil

Valor:

– R$ 50,00 (uma categoria)

– R$ 80,00 (duas categorias) – POR ATLETA.

ITF PRO – R$ 100,00 (a dupla)

AS INSCRIÇÕES SERÃO EFETUADAS DIRETAMENTE COM A BAHIA POINTER através do e-mail - Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.


INSCRIÇÕES SÓ SERÃO ACEITAS MEDIANTE ENVIO DO COMPROVANTE DE DEPOSITO:

BANCO DO BRASIL AG. 2489-9 C.C. 1210-6

EM NOME DE LUIS CARLOS PEDREIRA FILHO.

WWW.CBTENIS.COM.BR


<< Início < Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Próximo > Fim >>
Página 7 de 69