Técnico da seleção de badminton pede maior divulgação do esporte

Data: 05/08/2014

Por: Sport TV.com (Rio de Janeiro)


Português Marco Vasconcelos dirige a equipe há dois anos. No primeiro dia do Grand Prix, no Rio, Alex Yuwan Tjong garante a única vitória brasileira

Como forma de apresentar a sede dos próximos Jogos Olímpicos para os estrangeiros e colocar o país na rota da modalidade, o Brasil viu começar nesta terça-feira, no Rio de Janeiro, o primeiro Grand Prix brasileiro de Badminton.

É a primeira vez na história que a América do Sul recebe uma etapa do circuito mundial, que vai até domingo, com 107 atletas de 20 países e cinco modalidades: simples masculino e feminino, duplas masculino e feminino, e duplas mistas. O Brasil tem a maior delegação, com 33 atletas.

O técnico da seleção brasileira, o português Marco Vasconcelos, pede maior divulgação do esporte, apesar de o badminton ser a segunda maior modalidade do mundo.

- Claro que é a segunda modalidade mundial porque tem muitos países asiáticos competindo, são milhões de pessoas jogando o badminton. Mas é preciso divulgar a modalidade, é preciso apresentar às pessoas. Ao longo desses dois anos que estou no Brasil, o projeto da confederação, junto com alguns projetos sociais que existem, tem sido importante para o desenvolvimento da modalidade - afirmou.

No ginásio de desportos da Aeronáutica, no Campo dos Afonsos, o brasileiro Daniel Paiola, bronze no Pan de Guadalajara, em 2011, destaca que o país tem ganhado cada vez mais relevância no esporte.

- O Brasil antigamente ia para os campeonatos e não ganhava nada, e hoje já briga pelos títulos - afirmou o jogador, que estreia nesta quarta, contra o peruano Andres Corpancho, já pela segunda rodada.

No primeiro dia de competições, com disputas do torneio masculino de simples, entre os brasileiros apenas Alex Yuwan Tjong venceu sua partida, batendo o escocês Alistair Casey por 3 sets a 0 (11/8, 11/6 e 11/6).

Na segunda rodada, que acontece nesta quarta, Alex entra em quadra contra o belga Maxime Moreels. Ainda jogam no mesmo dia os brasileiros Luiz Eduardo Martinez, Luiz dos Santos e Thomas Moretti, além de Daniel Paiola.

Fonte: SPORT TV.COM

Badminton em clima de Olimpíadas 2016

Data: 01/08/2014

Por: Aldo Rebelo

Ainda pouco difundido no Brasil, o badminton será uma das primeiras modalidades a abrir as portas para o clima olímpico no Rio de Janeiro.

Enquanto a vela disputa o seu evento-teste entre os dias 2 e 9 de agosto, na Baía de Guanabara, o badminton realiza, entre os dias 5 e 10, o Yonex Grand Prix Brasil de Badminton.

A competição é uma etapa do circuito mundial e a primeira a ser realizada no país em toda a história.

“O Grand Prix do Rio de Janeiro faz parte da nossa estratégia para desenvolver o badminton, para gerar mais interesse na modalidade no Brasil, em particular, no Rio de Janeiro, que sediará os Jogos Olímpicos de 2016.

O badminton já é um esporte em crescimento no Brasil e gostaríamos muito de torná-lo ainda mais popular, antes mesmo dos Jogos Olímpicos”, secretário geral da Federação Internacional da modalidade (BWF, na sigla em inglês).

Além de ótima oportunidade para os brasileiros conhecerem mais um pouco do esporte, será uma chance incrível dos atletas do Brasil disputarem uma grande competição em casa.

“Pela primeira vez a América do Sul está realizando uma etapa do Grand Prix, evento da BWF. Ter uma competição como essa no Rio de Janeiro, com tamanha importância, é fundamental para a preparação dos atletas e para o treinamento dos profissionais envolvidos nos Jogos Olímpicos de 2016.

É um momento especial que o nosso esporte está vivendo antes do início das Olimpíadas”, disse Francisco Ferraz, presidente da Confederação Brasileira de Badminton (CBBd).

Ao todo, 107 atletas (64 homens e 43 mulheres) de 20 países competirão no ginásio da comissão de desportos da Aeronáutica, no Campo dos Afonsos, Zona Oeste do Rio de Janeiro, em cinco modalidades: simples masculino, simples feminino, dupla masculino, dupla feminino e dupla mista.

O Brasil será o país com mais representantes (33) e já figura como uma das maiores apostas da BWF.

Além da etapa do Grand Prix, o país receberá um programa de desenvolvimento da modalidade.

Fonte: CBBd

Sâmia Lima e Lorena Vieira terminam o PanAmericano com medalhas de bronze

Data: 31/07/2014

Por: Ananda Omati

Sâmia Lima e Lorena Vieira terminam o PanAmericano com medalhas de bronze

Terminou o Pan Americano de Badminton Junior, realizado na Guatemala. O evento aconteceu entre os dias 20 a 27 de julho e contou com a participação de seis piauienses divididos na fase “Por Equipes” e na competição individual.

Sâmia Lima, Lorena Vieira e Francielton Farias medalharam no Pan Jr 2014. A competição individual terminou no domingo (27) e encerrou o Pan Jr 2014 com a premiação de duas piauienses com a medalha de bronze.

Sâmia Lima conquistou o terceiro lugar ao lado Manoela Gori no sub 15 dupla feminina. Já Lorena Vieira conquistou o bronze ao lado de Jeisiane Alves, na categoria sub17 dupla feminina. Lorena venceu em uma categoria acima.

De acordo com a técnica da Asbadgi, Ana Cristina competição trouxe um resultado positivo à equipe. “Este resultado é a prova de que com apoio e empenho tudo é possível, chegar nesta competição foi uma conquista que há tempos estávamos ansiando e uma medalha de bronze, onde estão presentes os melhores das Américas, só nos motiva a dar continuidade ao trabalho e querer mais”, resume a técnica.

Na seleção brasileira, no “Por Equipes”, Francielton Farias e Sâmia Lima receberam a medalha de prata, após perderam na final para os americanos por 3 a 1. Francielton Farias participou do quarto e último jogo ao lado de Fábio Soares, mas perdeu para a dupla Kevin Chan e Aston Khor, por 2 a 1, com parciais de 21-17, 20-22 e 12-21.

Além dos três medalhistas piauienses, competiram também Alan Gomes, Andresa Morgana e Isabelle Oliveira no individual. Francielton Farias também competiu pelo individual na categoria sub19, mas não conquistou medalha.

Fonte: Portal do Dia

Circuito Europeu 2014 - 02

Data: 16/07/2014

Semana que vem começa o Circuito Europeu de Speed badminton que irá ser realizado na Polônia.

Vários atletas de diversos países da Europa estão se preparando para participar do torneio e testar suas habilidades com o speeder.

Saiba um pouco sobre a expectativa e preparativos da Equipe da Espanha de Ilhas Canárias.

CANARIASPEED

A equipe espanhola de Speed badminton irá participar pela quarta vez do Campeonato Europeu que irá celebrar as instalações do Klub Tenisowy "Warszawianka" de 24 a 26 de Julho.

A delegação será formada por: Jonatan Hernández, Javier Mateos, Daniel Robles, Raquel Díaz, Víctor Quintana, Delia Gil, Carlos Guerra y Lidia Marrero.  

Nesta segunda-feira aconteceu a apresentação oficial da equipe no jornal La Provincia em Gran Canaria.

A Associação Canariaspeed está muito feliz com o crescimento do esporte após a participação do Mundial de Speed badminton no ano de 2013, no qual participaram os atletas: Raquel Díaz, Daniel Robles, Juanma Santana e Jonatan Hernández.

Boa sorte a todos atletas.

Fonte: www.canariaspeed.es

Club Racket

Speed badminton na escola

Data: 15/07/2014

Speed badminton na escola agora é realidade.

Olá pessoal,

Boas notícias para o nosso esporte Speed badminton.

Após um ano e meio de divulgação do esporte no Brasil, temos a satisfação de anunciar que a Escola Terra Mater, em São Bernardo do Campo, vai desenvolver o novo esporte de raquete com seus alunos.

A partir do segundo semestre de 2014 speed badminton vai fazer parte das aulas de Educação Física da escola através do trabalho inovador dos professores Luiz André Magalhães e Mônica Castro.

Parabéns pela iniciativa e sucesso.

Profª Sandra Sorpreso

SPEED BADMINTON NA ESCOLA TERRA MATER

Brasil se prepara para receber 27 países na disputa do Yonex GP Brasil de Badminton no Rio

Data: 15/07/2014

Faltam 21 Dias!

Falta pouco mais de 20 dias para que a cidade maravilhosa, o Rio de Janeiro (RJ), receba os 130 atletas inscritos, de 27 países para disputarem as cinco modalidades do torneio que acontecerá de 5 a 10 de agosto de 2014.

O Yonex Brasil Grand Prix, um torneio aberto internacional de Badminton, será realizado no Ginásio do Centro de Desporto da Aeronáutica (CDA) com premiação que chegará a US$ 50,000.

A organização do evento já garante todos os esforços para que o sucesso do evento seja consolidado, o que é de grande importância para o Badminton brasileiro e para o esporte como um todo, já que grandes nomes se apresentarão nas quadras e pela grande quantidades de atletas inscritos.

O árbitro geral da competição será Yves Cote, do Canadá e o Yonex Brasil Grand Prix será o primeiro torneio a testar o novo sistema de pontuação criado pela BWF, que decidiu pela mudança em caráter experimental (os testes vão até o dia 02 de Novembro) e será usado em torneios internacionais de todo o mundo, sendo o torneio do Brasil o primeiro a testar a novidade.

O evento reunirá atletas das modalidades simples masculino, simples feminina, dupla masculina, dupla feminina e dupla mista.

O Badminton é o esporte olímpico que mais conquistas vem alcançando em torneios internacionais através da Seleção Brasileira da modalidade, que também estará atuando no torneio do Rio de Janeiro, com parte do projeto "Ciclo 2016", que visa proporcionar a sólida participação do país nos próximos jogos olímpicos de verão.

O Yonex Brasil GP 2014 é uma realização da PAN AM, BWF e CBBD (Confederação Brasileira de Badminton), com apoio da Força Aérea Brasileira e patrocínio da Yonex.

Fonte: www.badminton.org.br


Novo sistema de pontuação em Badminton

Data: 14/07/2014

Yonex Brasil Grand Prix testará novo sistema de pontuação criado pela BWF

O Yonex Brasil Grand Prix a ser realizado na cidade do Rio de Janeiro no período de 5 a 10 de agosto, será o primeiro torneio a testar o novo sistema de pontuação criado pela Federação Mundial de Badminton (BWF).

A BWF decidiu pela mudança em caráter experimental (os testes vão até o dia 02 de Novembro) e será usada em torneios internacionais de todo o mundo, sendo o torneio do Brasil o primeiro a testar a novidade.

Entre as principais mudanças estão:

- O jogo passa a ser disputado em melhor de 5 games de 11 pontos ( vence o game quem fizer 11 pontos primeiro e vence o jogo quem vencer 3 games primeiro). Antes o jogo era disputado em 3 games de 21 pontos.

- No caso de empates em 10 a 10 vence o game ou o jogo quem fizer 11 pontos primeiro. Não existe mais a necessidade da diferença de 2 pontos para se decretar o vencedor.

- Os intervalos de 2 minutos entre os games continuam, porém, agora aumenta-se também do terceiro para o quarto game e do quarto para o game final (quinto game).

- O antigo intervalo de 11 pontos (1 minuto) não existirá mais, com exceção do jogo ir para o game final (quinto game). Neste caso, será concedido 1 minuto de intervalo para que assim os atletas também possam efetuar a troca de lado na quadra.

As demais regras não sofreram alterações. Além do Yonex Brasil Grand Prix, o novo sistema de pontuação no Brasil também será testado durante o 29º Brasil Internacional Badminton Cup a ser realizado em São Paulo em Novembro.

Nas etapas do Campeonato Nacional de Badminton os jogos continuam sendo disputados no sistema de 3 games de 21 pontos.

Fonte: www.badminton.org.br

Representate do Piauí é campeão nacional de badminton para surdos

Data: 03/07/2014

Ascom

O Campeonato Brasileiro de Badminton para Surdos, realizado em Brasília, teve como vencedor um representante do Piauí. Natural da Paraíba, mas em terras teresinenses antes mesmo de dar os primeiros passos, o atleta Rodolfo Cavalcanti trouxe a medalha de ouro para o Estado e planeja levar a bandeira a outros cantos do país.

Convidado por um amigo a conhecer o badminton, desporto praticado com uma raquete e um volante ou peteca, Rodolfo descobriu no esporte um talento que pretende explorar.

Jogando badminton há apenas um ano, na modalidade individual, o jovem de 26 anos já participou de duas competições nacionais e, em ambas, ficou entre as três melhores colocações. Em novembro do ano passado, o atleta trouxe ao Piauí a medalha de bronze do Campeonato Nacional de Badminton, realizado em Fortaleza, no qual pessoas com deficiência e pessoas ditas normais participaram.

Dentre os competidores, apenas dois possuíam deficiência auditiva, sendo que um deles era Rodolfo.

A partir desta competição, o jovem passou a incentivar a criação de um campeonato de badminton somente para os surdos. Após um trabalho de divulgação da ideia, a Confederação Brasileira de Desportos de Surdos (CBDS Brasil) promoveu o 1º Campeonato Brasileiro de Badminton para Surdos, no qual Rodolfo alcançou o lugar mais alto do pódio. “Fiquei muito feliz em poder representar o Piauí e trazer essa medalha de ouro. O próximo passo é o Campeonato Sulamericano de Surdos que será no Rio Grande do Sul e se eu conseguir vencer, farei de tudo para participar do Mundial em 2015”, planeja o jovem.

Com a ajuda de uma intérprete de libras cedida pela Central de Interpretação de Libras de Teresina, Rodolfo conta que pretende estimular os jovens a praticar o badminton, apesar das dificuldades encontradas no esporte. “Além da falta de incentivo e recursos, o badminton exige muita técnica, estratégia e locais adequados. No entanto, vem crescendo no Estado, principalmente entre os atletas que possuem alguma deficiência. Acho que estou fazendo a minha parte e assim como eu, espero que mais pessoas descubram esse desporto”, ressaltou.

Além do badminton, Rodolfo já praticou por muito tempo a natação, esporte pelo qual obteve cerca de 28 medalhas, a maior quantidade já alcançada no Piauí por um atleta com deficiência auditiva. Atualmente, o jovem também faz um curso de formação de árbitro de badminton e deseja ser um dos selecionados para apitar as Paraolimpíadas de 2016, entretanto, seu foco é a prática do esporte e se tornar um dos melhores atletas de badminton é a sua meta para um futuro próximo.

Fonte: Portal AZ

Seletiva Estadual de badminton

Data: 02/07/2014


BOLETIM GERAL 01 referente as Seletivas Estaduais das modalidades: Badminton, Ginástica Rítmica, Luta Olímpica e Vôlei de Praia.

Os professores, atletas e responsáveis devem confirmar a presença e a necessidade do transporte e hospedagem até às 23h59 do dia 04/07.

Essa confirmação deve ser feita por e-mail mesmo, para: Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.

Na confirmação deve ser colocado a modalidade, nome dos atletas, além do nome e RG do professor que irá acompanhar os atletas na etapa.

No link abaixo segue em anexo, as fichas para os Jogos Escolares da Juventude - Etapa Nacional.

BOLETIM GERAL 1 - SELETIVA ESTADUAL BADMINTON

TODOS aqueles que sentem-se com chance de compor a delegação do estado de São Paulo devem levar as fichas (do aluno e da escola) devidamente preenchidas, assinadas e acompanhadas de uma foto 3x4. Ao final das seletivas, recolheremos as fichas dos que se classificarem.

Lembrando que é OBRIGATÓRIO colocar o número do CPF do aluno (não pode ser do pai/mãe ou responsável) nas fichas.

Para maiores informações entrar em contato pelo e-mail: Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.

Club Racket

1º Curso de Capacitação em Beach Tennis

Data: 01/07/2014

No último fim de semana foi realizado em São Paulo o 1º Curso de Formação de Professores de Beach Tennis com participantes de 18 cidades de 7 estados do Brasil!

Ao todo, foram mais de 10h teóricas e mais de 60 demonstrações de exercícios para todos os níveis e idades!

O curso aconteceu no Clube Espéria e foi ministrado pela Professora Marcela Evangelista da empresa Crab Beach Tennis.

O esporte crescendo e ganhando novos profissionais.

NOTÍCIAS BEACH TENNIS

Acontece neste próximo final de semana no Guarujá / Praia da Enseada a 1ª Copa Pérola do Atlântico de Beach Tennis.








Club Racket


<< Início < Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Próximo > Fim >>
Página 2 de 68