Seg, 07 de Março de 2011 19:38

Curiosidades

Qualifique este item
(1 vote)

CURIOSIDADES SOBRE O BEACH TENNIS

Data: 26/08/2011

A revista italiana Beachtennis Time fez uma reportagem muito legal nessa última quarta-feira, dia 7 de julho de 2010.

Com o título “Beach Tennis: cambiamenti necessari?“, a revista revela uma crescente discussão na Itália sobre a mudança de alguns aspectos do jogo, assim como a introdução ou mudança de regras.

A justificativa é que, por ser disputado em uma velocidade muito rápida e consequentemente ter curtas trocas de bola, o beach tennis acabaria perdendo o interesse do público.

Além disso, a revista cita outros esportes que já mudaram o seu regulamento oficial, como o próprio vôlei de praia.

Segundo a reportagem, um dos temas mais polêmicos na Itália se refere à bola, já que hoje o esporte pode ser jogado com oito tipos de bola diferentes.

O desafio é descobrir o equilíbrio perfeito entre o peso e a pressão da bola para que não favoreça um jogador em detrimento de outro – ou seja, não deixe o jogo muito rápido, mas também não deixe o jogo muito lento.

Outros dois importantes debates se referem ao saque e à devolução. Como a rede possui altura de apenas 1m70, muitos indagam que os “sacadores” não deveriam ser permitidos de pular ao sacar.

A reclamação vem do fato de que, com o pulo, os saques ganham muita potência, impedindo a devolução. Já na devolução, o debate vem de uma estratégia chamada “muro”.

Nela, o “devolvedor” dá alguns passos em direção à rede visando bloquear o saque, o que surpreende os adversários e, quando realizada com sucesso, termina logo com o ponto.

Outras questões também são levantadas em relação à altura da rede, ao tamanho da quadra (a reportagem propõe uma área de 9 x 9m ao invés de 8 x 8m) e ao saque cruzado (o regulamento atual permite que o saque seja direcionado para qualquer lado).

A revista ainda oferece uma enquete no fim de sua reportagem para ouvir a opinião de seus leitores, que elegeram como mudança mais importante a uniformização e regulamentação da bolinha.

Fonte: Mundo do Beach Tennis por Joana Cortez, postado em 10/07/2010.