Qui, 11 de Agosto de 2011 15:43

Notícias Parabadminton

Qualifique este item
(1 vote)

TOLEDO: PROJETO AMA LEVA ESPORTE ADAPTADO À MOSTRA DE PROFISSÕES 

Data: 14/09/2011

A Universidade Paranaense – Unipar, Campus Toledo, stá com vasta programação para a Mostra de Profissões.

O evento é levado até os colégios com o objetivo de apresentar aos estudantes do ensino médio o exercício acadêmico e profissional dos cursos de graduação ofertados pela Instituição e apresentar a infraestrutura disponibilizada por estes cursos durante o período de formação.

Recentemente foi a vez dos estudantes do Colégio Dario Vellozo receberem a Mostra,que contou também com os integrantes do projeto de extensão Ama (Atividades Motoras Adaptadas), do curso de Educação Física.

Eles abrilhantaram a atividade e encantaram os visitantes com suas habilidades (em 11/8).

Enquanto os cursos de Administração, Ciências Biológicas, Ciências Contábeis, Direito, Estética e Cosmética, Educação Física, Farmácia, Fisioterapia, Pedagogia e Análise e Desenvolvimento de Sistemas realizaram orientações e exposição de materiais informativos, além de esclarecimento de dúvidas quanto à profissão, a turma do Ama movimentava os estudantes em quadra.

Os visitantes puderam praticar o badminton adaptado ou acompanhar um treino da equipe Atacar/Unipar/Oi/Volvo de Handebol em Cadeira de Rodas.

Cerca de 400 participaram da atividade sob coordenação do Prove (Programa de Valorização da Educação) setorial.

Sobre o Projeto Ama

Em Toledo o projeto começou ofertando atividades aquáticas para deficientes mentais e o tênis de mesa para deficientes físicos.

Em 2002 foi implantado o judô e o goalball, para deficientes visuais, e o xadrez adaptado.

Em 2005, com o término da construção do ginásio de esportes, foi implantado o HCR (handebol em cadeira de rodas), cuja proposta de adaptação foi gestada no âmbito do projeto, em Toledo.

“Nos dias de hoje o esporte é conhecido e praticado em nível internacional”, orgulha-se a coordenadora do projeto, professora Aline Strapasson.

Segundo ela, a ampliação da infraestrutura do curso de Educação Física também propiciou o desenvolvimento da capoeira adaptada, do maculelê e da dança em cadeira de rodas.

Em 2007, o projeto deu início a atividades de estimulação precoce com bebês portadores de síndrome de down e atividades recreativas com pessoas surdas e com transtornos mentais.

Em 2010, incluiu-se o badminton adaptado.

As atividades são supervisionadas por quatro professores e monitoradas por 40 estudantes de Educação Física, treinados para o atendimento dos participantes.

Cerca de 150 pessoas participam. Todas encontram no projeto oportunidade de melhorar a qualidade de vida e de participar de competições. O projeto também atende entidades da cidade.

A Apae (Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais), a Apada (Associação de Pais e Amigos dos Deficientes Auditivos) e o CAPS (Centro de Atenção Psicossocial) são algumas das beneficiadas.

Elas são avisadas no início do ano sobre as atividades e horários e enviam seus alunos.

A iniciativa conta com o apoio da Atacar (Associação Toledana de Atletas em Cadeiras de Rodas), da ADFT (Associação de Deficientes Físicos de Toledo) e da Clínica Escola de Fisioterapia da Unipar, que encaminham atletas e pacientes para as atividades.

Fonte: www.unipar.com.br

 

 

 

BRASILEIROS NO RANKING INTERNACIONAL

Data: 15/08/2011

Sábado último (14 de maio de 2011) o Ranking internacional foi atualizado e brasileiros já fazem parte dele mostrando que o parabadminton no Brasil está cada vez mais sólido.

Pela experiência internacional que tenho (Létisson Samarone), sei que temos atletas que têm total possibilidade de terem pontuação melhor, más infelizmente por questões financeiras não participam de torneios fora do pais.

O único torneio internacional em que participamos foi o PANAMERICANO que aconteceu aqui mesmo no pais.

No Ranking constam os resultados dos últimos 2 anos, então participar sempre é de fundamental importância, só neste ano tivemos Torneio na FRANÇA, ESPANHA e ISRAEL sem mencionar o Campeonato 4 Nações (ESCORCIA, INGLATERRA,IRLANDA e WALES) realizado na INGLATERRA neste fim de semana (13-15 de maio).

Esta quantidade de eventos favorecem os Europeus.

Para quêm ainda não está familarizado com o parabadminton, ele é dividido por classes (comprometimentos parecidos)

Obs: Quando os atletas empatam em pontos o critério de desempate é por ordem alfabetica, ou seja, ambos estão com 10 pontos por exemplo, más um será o 5º e outro o 6º. Por este fato coloquei a posição que aparece no ranking oficial e entre parentese a posição "virtual" do mesmo.

RANKING MASCULINO SIMPLES

CLASSE S1

JONATAS BARBOSA

POSIÇÃO 11º CETEFE – BRASÍLIA-DF

CLASSE S2

LUIZ HENRIQUE DOS SANTOS

POSIÇÃO 15º CETEFE – BRASÍLIA

VINICIO SOUSA

POSIÇÃO 26 (22) SEAREIROS – CAMPINAS-SP

CLASSE S2a

JONATHAN CARDOSO

PRIMEIRO DO RANKING ASMOSABE – BLUMENAL-SC

*Obs: Jonathan tem o dobro de pontos do segundo colocado, provavelmente ele chegará no mundial em Novembro como cabeça de chave.

CLASSE S3

SERAFIM UELDES MARCELO

POSIÇÃO 27 (26) CETEFE – BRASÍLIA-DF

CLASSE S4

GERALDO OLIVEIRA

POSIÇÃO 22 (20) CETEFE – BRASÍLIA-DF

CLASSE S5

RIVALDO ARRUDA

POSIÇÃO 21 (20) CLUBE DE BADMINTON-FBPE – RECIFE-PE

CLASSE W1

RODRIGO OLIVEIRA

PRIMEIRO DO RANKING CETEFE – BRASÍLIA-DF

CLASSE W2

JAIME DOS REIS

POSIÇÃO 25 PROJETO AMA – TOLEDO-PR

GABRIEL JANNINI

POSIÇÃO 26 (25) HÍPICA – CAMPINAS-SP

GUSTAVO RICHTER

POSIÇÃO 27 (25) PORTO ALEGRE-RS

CARLOS ALBERTO HESSEL

POSIÇÃO 28 (25) CETEFE – BRASÍLIA-DF

CLASSE W3

RODOLFO RAMOS

POSIÇÃO 27 (26) CETEFE – BRASÍLIA-DF

RÔMULO SOARES

POSIÇÃO 31 (26) CETEFE- BRASÍLIA-DF

RANKING MASCULINO DE DUPLAS

Informações: Para o Ranking de duplas é contado pontos individualmente, ex. o atleta A faz duplas com B eles ganham um torneio, vai 30 pontos para o A e 30 pontos para B.

Em um próximo torneio o atleta A faz dupla com C e o B com o D. A dupla AC vence, então mais 30 pontos para A (totalizando 60 pontos) e 30 pontos para C e 20 para B (totalizando 50) e assim por diante.

CLASSE S1

JONATAS BARBOSA – CETEFE – BRASÍLIA-DF - - posição 11

CLASSE S2 

LUIZ HENRIQUE DOS SANTOS – CETEFE – BRASÍLIA—posição 16 (15)

VINICIO SOUSA – SEAREIROS – CAMPINAS-SP – posição 31 (26)

CLASSE S2a

JONATHAN CARDOSO – ASMOSABE – BLUMENAL-SC – posição 02 (01) *Jonathan tem exatamente a mesma pontuação do primeiro, então ele também pode ser considerado primeiro em duplas também.

CLASSE S3

SERAFIM UELDES MARCELO – CETEFE – BRASÍLIA-DF - posição 19 (18)

CLASSE S4

GERALDO OLIVEIRA – CETEFE – BRASÍLIA-DF – posição 03 * Nesta classe quem domina são os asiáticos, grande importãncia esta colocação de Geraldo.

CLASSE S5

RIVALDO ARRUDA – CLUBE DE BADMINTON-FBPE – RECIFE-PE - posição 15

CLASSE W1

RODRIGO OLIVEIRA – CETEFE – BRASÍLIA-DF posição 02, no ranking anterior Rodrigo estava em primeiro.

*Que conhecer mais sobre este atleta --- http://parabadminton.blogspot.com/2011/05/perfil-rodrigo-campos-oliveira.html

CLASSE W2

JAIME DOS REIS – PROJETO AMA – TOLEDO-PR - posição 23

GABRIEL JANNINI – HÍPICA – CAMPINAS-SP – posição 24 (23)

CARLOS ALBERTO HESSEL – CETEFE – BRASÍLIA-DF – posição 25 (23)

CLASSE W3

RODOLFO RAMOS – CETEFE – BRASÍLIA-DF posição 20 * O Atleta RÔMULO SOARES por erro da PBWF não aparece no ranking, estamos tomando as providências.

Fonte: http://parabadminton.blogspot.com/