Irmão menor do squash, raquetebol começa sem Brasil na disputa

Qualifique este item
(1 vote)

Data: 17/10/2011

O raquetebol, esporte que foi excluído no Rio-07 e não tem brasileiros na disputa no Pan-Americano de Guadalajara, é uma das especialidades dos anfitriões dos Jogos, o México.

No último campeonato continental, na Nicarágua, o país levou três das seis medalhas de ouro disputadas.

Com isso, os mexicanos começam o Pan nesta segunda-feira como franco favoritos.

Já o Brasil não conta com representantes na modalidade.

O país não tem uma confederação nacional e o raquetebol é apenas dirigido por uma associação sem filiação ao COB (Comitê Olímpico Brasileiro).

Para os brasileiros, a modalidade é pouco conhecida.

Para entender melhor, é possível dizer que o raquetebol é irmão menor do squash.

A maneira de se jogar pode ser semelhante ao tênis, mas as partidas acontecem em lugares fechados, aproximando o esporte do squash.

As bolas podem ser rebatidas nas paredes, com a missão de impedir a devolução do adversário.

A modalidade começa no Pan às 11h (de Brasília) desta segunda-feira.

Ao todo, 60 atletas (30 homens e 30 mulheres) brigarão pelas medalhas das chaves individuais e de duplas.

Além dos mexicanos, Colômbia, Canadá e Estados Unidos aparecem entre os candidatos ao ouro.

Todos entraram em quadra no domingo para o último treino, mas um país se destacou: a República Dominicana.

Com um jogo entre homens e mulheres da delegação, ele exibiram força e jogadas emocionantes.

Este será o quarto Pan em que o raquetebol é disputado.

A primeira vez em que a modalidade fez parte do programa de esportes foi em Mar del Plata-95, depois esteve presente em Winnipeg-99 e por último em Santo Domingo-03.

Agora voltará ser disputado em Guadalajara.

E o irmão menor do squash também não está no programa dos Jogos Olímpicos.

Um dos motivos alegados para a não inclusão do esporte nos programas de esportes é a dificuldade para transmitir as partidas pela televisão, principalmente devido a velocidade com que se joga.

Fonte: IG Esportes