Ter, 08 de Março de 2011 20:55

Curiosidades

Qualifique este item
(0 votos)

Quando as raquetes não eram regulamentadas pela ITTF, todos os tipos de materiais eram usados.

Entre os mais estranhos estavam: esponjas com espessuras de 5 polegadas, pura madeira e lixa.

A marca pingue-pongue foi registrada por Parker Brothers, que exigiu uma soma enorme de dinheiro da Associação de Tênis de Mesa dos Estados Unidos - USATT, para os direitos daquela marca.

Em resposta a comunidade deu para o esporte seu próprio nome: tênis de mesa. Jogadores de alto nível podem fazer jogadas com giros de até 9000 rotações por minuto.

As bolas de tênis de mesa não são totalmente vazias. Elas são pressurizadas com gás.

Existem mais de 30 companhias de tênis de mesa ao redor do mundo, produzindo desde raquetes até uniformes para treinamento.

Certos governos, como a Suécia e China, pagam os jogadores de nível, somente para treinar e jogar pelo país.

Na China, a maioria das crianças é avaliada muito cedo para ver tem habilidades e talento para esportes como ginástica e tênis de mesa. Caso sejam consideradas talentos, elas recebem treinamento rigoroso desde cedo na área de maior potencial.

A velocidade alcançada após uma cortada de um atleta adulto no Tênis de Mesa, geralmente supera a velocidade de 200km por hora. Tal situação ainda é mais complicada para quem tem que defender o golpe, pois o tempo de reação (milésimos de segundo) e a distância percorrida pela bola - inferior a 3 metros, na maioria das vezes - são muito curtos.